segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A Indústria Cultural


imagem de reprodução
O termo Indústria Cultural foi criado por dois filósofos e sociólogos alemães, Theodor Adorno (1903-1969) e Max Horkheimer(1895-1973), com a finalidade de designar a situação da arte na sociedade capitalista comercial.

Para Adorno e Horkheimer a arte seria tratada como objeto de consumo, onde as pessoas se interessariam apenas pelo que já fora experimentado, e não mais pelo novo ou pelo desconhecido, neutralizando assim o senso crítico do público dando a ele somente o que ele quer. Esse sistema incentiva o indivíduo a ter uma necessidade de consumo ao invés do conhecimento.

Conhecimento gera questionamento, e a intenção não era despertar o estranhamento ou gerar dúvidas, mas camuflar problemas sociais com o entretenimento e mercadorias próprias para a venda. Uma forma de manipulação que existe até hoje.

Abaixo um vídeo que visa explicar como funciona a indústria cultural e seu efeito de massificação:


video




Pesquisa realizada por:
Alex Prado, Glaucia I. Périco, Marcio Luiz Galan Jr  e Melissa Paz
Alunos do 1° período de Comunicação Social- Habilitação em Jornalismo


Nenhum comentário:

Postar um comentário